POLÍCIA em DIA Alagoas

Corpo encontrado no Rio Mundaú é de mulher assassinada pelo primo em Murici, comprova IML

Por Redação

24/05/2022 às 12:07:38 - Atualizado há
Corpo foi identificado pelas digitais e liberado para sepultamento nesta terça-feira (24). Suspeito do crime ainda tentou matar marido da vítima e depois se suicidou. Buscas foram feitas durante dias no Rio Mundaú, em Murici, até que corpo de Graciane da Silva foi encontrado

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou nesta terça-feira (24) que o corpo encontrado no Rio Mundaú, em Murici no domingo (22) é da jovem Graciane da Silva, de 20 anos, que foi assassinada pelo primo.

De acordo com o delegado Igor Diego que está investigando o caso, o homem matou a prima, esfaqueou o marido dela e se suicidou em Murici. Antes de se matar, o homem confessou que jogou corpo da prima em um rio na cidade. A motivação do crime não foi revelada.

Segundo a perita odontolegista Ana Paula Nemésio, chefe do Setor de Identificação Humana, a jovem foi identificada através do exame de necropapiloscopia.

Ela explicou que foram coletadas as digitais do cadáver e foi realizada uma busca no banco de dados do arquivo civil do Instituto de identificação da Polícia Cientifica de Alagoas, onde foi localizada a carteira de identidade da vítima.

O corpo da jovem estava em estado de putrefação e foi localizada próximo a ponte do Seridó na zona rural do município que fica na zona da mata de Alagoas. De acordo com o IML o laudo será encaminhado para a delegacia responsável pelo inquérito policial.

Fonte: g1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2022 Alagoas Em Dia
Notícias o tempo todo

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia
X