AUTOM"VEIS em DIA Automóveis

Clássica kombi da Volkswagen está de volta - agora, elétrica

Volkswagen ID. Buzz, versão eletrificada da minivan dos anos 1960, estará à venda na Europa ainda este ano

Por Redação

10/03/2022 às 23:12:31 - Atualizado há
ID.Buzz tem visual claramente inspirado na clássica minivan, com pintura em dois tons e saliências na parte externa Volkswagen/Divulgação

Prometida há anos pela Volkswagen , a VW Bus, versão do século 21 da clássica Kombi, está de volta. Ao contrário da original, barulhenta e com pouco impulso, a nova versão será totalmente elétrica com ampla potência.

A Kombi era é ícone cultural associado nos EUA ao movimento hippie, mas forneceu transporte para famílias numerosas décadas antes da minivan ser inventada.
O veículo clássico tornou-se um favorito entre os colecionadores. Versões bem conservadas foram vendidas por valores de seis dígitos.

O carro Hot Wheels mais valioso do mundo, por exemplo, que vale até US$ 150.000, é uma van minúscula.

Embora os designers da VW não quisessem simplesmente recriar a aparência da van original, disse a montadora, muitos elementos do exterior da ID. Buzz são claramente inspirados nele. A nova van estará disponível com pintura em dois tons.

Ela também tem "saliências" curtas dianteiras e traseiras, a distância entre as rodas e as extremidades da carroceria, como a original. Além de dar à van uma forma geral semelhante à kombi, as saliências curtas também permitem mais espaço dentro da van.

Traseira da Volkswagen ID. Buzz, versão elétrica da clássica kombi dos anos 1960 / Volkswagen/Divulgação

Como o Fusca, a kombi tinha um pequeno motor montado na parte de trás. A nova VW ID. Buzz, da mesma forma, tem seu motor elétrico na traseira acionando as rodas traseiras da van.

O motor na ID. Buzz revelado na última quarta-feira (9) produzirá até 201 cavalos de potência, muito mais do que os escassos números de dois dígitos de potência do ônibus clássico. Diferentes versões do Buzz com vários recursos de energia serão anunciadas posteriormente, disse a VW. A empresa não disse quanto alcance a ID. Buzz terá com carga completa.

As baterias da ID. Buzz são montadas sob o piso. Isso dá à van um baixo centro de gravidade e, promete a VW, manuseio particularmente ágil para uma van. Ela compartilha grande parte de sua engenharia com outros novos veículos elétricos da Volkswagen, como o SUV crossover ID.4.

O Grupo Volkswagen, que possui as marcas Volkswagen, Audi, Porsche e Bentley, entre outras, está investindo fortemente em veículos elétricos e espera que 25% de suas vendas sejam EVs até 2026. No ano passado, eles representavam cerca de 5% da VW vendas globais do grupo.

Atualmente, nos EUA, o Grupo VW vende os modelos elétricos Audi E-Tron e Porsche Taycan, além do ID.4. No exterior, as marcas do Grupo VW Škoda e Opel também oferecem veículos elétricos, e a Bentley planeja vender apenas carros elétricos até 2030.

Interior Volkswagen ID. Buzz, com tela de navegação touch e câmbio no volante / Volkswagen/Divulgação

Dentro, a ID.Buzz possui recursos semelhantes aos do ID.4, como um botão de seleção de marcha atrás da direção que pode ser girado para colocar a van em marcha ou marcha à ré. Uma barra de luz sob o para-brisa usa cores para comunicar ao motorista coisas como um obstáculo no caminho ou uma próxima curva para navegação.

O cluster de medidores é uma tela digital retangular. Há uma tela sensível ao toque de 10 polegadas para navegação e entretenimento, e uma tela de 12 polegadas estará disponível como opção.

A ID.Buzz não terá couro em seu interior, usando substitutos de couro. Haverá também tecidos feitos inteiramente de plástico reciclado.

O ônibus elétrico estará disponível globalmente em dois comprimentos, entre eixos padrão e longo. Apenas a versão de distância entre eixos longa será vendida nos EUA. A versão padrão terá capacidade para cinco lugares, mas uma versão de seis lugares virá mais tarde.

Interior da Volkswagen ID. Buzz, versão padrão de cinco lugares / Volkswagen/Divulgação

A versão de distância entre eixos longa terá capacidade para até sete. A VW também oferecerá versões de vans de carga com assentos para três na frente – o motorista terá um assento individual com um banco para duas pessoas ao lado. Uma parede atrás dos ocupantes manterá a área de carga separada.

A ID. Buzz revelado na última terça-feira estará à venda na Europa ainda este ano. A VW ainda não forneceu preços. Os detalhes técnicos podem ser um pouco diferentes para a versão que estará disponível na América do Norte em 2024. Essa versão será revelada no próximo ano.


Fonte: cnn
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2022 Alagoas Em Dia
Notícias o tempo todo

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia
X