Polícia Bahia

TRAGÉDIA: Irmãos morrem após ingestão de soda cáustica no recôncavo da BA; criança de três anos confundiu bebida com refrigerante

Ap√≥s garoto ingerir √°cido, irm√£ adolescente se desesperou com a situa√ß√£o e, se sentindo culpada, ingeriu subst√Ęncia. Caso aconteceu na cidade de Santo Amaro.

Por Redação

09/12/2021 às 00:00:29 - Atualizado h√°
Irmãos morrem após ingestão de 'soda cáustica' no recôncavo da BA; criança de três anos confundiu bebida com refrigerante - Foto: Redes Sociais

Dois irm√£os de tr√™s e 13 anos morreram na cidade de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia. De acordo com informa√ß√Ķes da pol√≠cia, os dois ingeriram hidróxido de sódio, popularmente chamado de soda c√°ustica, na √ļltima segunda-feira (6).

Vizinhos das crian√ßas contam que o garoto de tr√™s anos teria confundido o √°cido com refrigerante. Após a crian√ßa ingerir a bebida, a irm√£ adolescente se sentiu culpada por ter deixado o produto sobre a mesa e também bebeu a subst√Ęncia.

Os dois foram levados ao hospital para serem socorridos, mas n√£o resistiram e morreram. O fato ocorreu na regi√£o central da cidade. No momento do incidente, os dois estavam sozinhos em casa.

Segundo o delegado de Santo Amaro, Rafael Almeida de Oliveira, a m√£e das crian√ßas, que n√£o teve o nome divulgado, comprou a subst√Ęncia para limpeza do vaso sanit√°rio.

"Ela pediu para a menina colocar debaixo da pia, mas (a garota) colocou em cima da mesa. Então o menino teve acesso ao produto e começou a beber", contou ele.

"A menina de 13 anos se sentiu culpada e também bebeu a subst√Ęncia. Acho que n√£o aguentou o sofrimento do irm√£o. Ela também foi levada ao hospital e n√£o sobreviveu", disse o delegado.

Rafael Almeida ainda afirmou que a m√£e ser√° indiciada e que o inquérito vai apurar se houve ou n√£o neglig√™ncia por parte da respons√°vel pelas crian√ßas.

"Em casos como esse, em que o dano afeta o autor, como a perda de dois filhos, n√£o se aplica a pena pelo crime, porque se entende que a m√£e j√° foi penalizada com a morte dos filhos. Mas quem vai decidir é o juiz", explicou o delegado, sem dar mais detalhes sobre o caso.

Fonte: g1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2022 Alagoas Em Dia
Notícias o tempo todo

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia
X
X