Polícia Bahia

CÁRCERE PRIVADO: Cantor que manteve ex em cárcere privado em Salvador obrigou mulher a escrever carta de despedida para filhos

V√≠tima e suspeito prestaram depoimento na segunda-feira (20), na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Brotas. Homem permanece preso e deve ser transferido para o sistema prisional.

Por Redação

21/09/2021 às 16:34:53 - Atualizado h√°
Suspeito é um músico, identificado como João Lima ¬- Foto: Reprodução/Redes Sociais

O cantor sertanejo Jo√£o Lima, preso depois de manter a ex-companheira em c√°rcere privado por mais de 12 horas na segunda-feira (20), no bairro de Sussuarana, em Salvador, obrigou a mulher a escrever uma carta de despedida para os filhos e familiares enquanto era amea√ßada. A informa√ß√£o é da delegada Bianca Andrade, que apura o caso, e foi admitida pelo homem durante o depoimento.

Segundo a delegada, o homem agrediu Fl√°via Souza, de 30 anos, com socos e tapas e usou a faca que fazia amea√ßas para desferir golpes contra a cabe√ßa dela. Os dois tem dois filhos, que foram retirados do imóvel e levados para a casa da avó, m√£e da vítima, e n√£o presenciaram as a√ß√Ķes.

"Ela apresentou muitos hematomas e les√Ķes em v√°rias regi√Ķes do corpo. Ela disse que foi amea√ßada – e ele confessou no interrogatório. Ele a obrigou a escrever uma carta se despedindo dos filhos e familiares [afirmando] 'porque voc√™ vai morrer'", disse a delegada.

Bianca Andrade também comentou que o homem gravava as amea√ßas com o telefone celular. Por algumas vezes cessava as grava√ß√Ķes, e voltava a golpear a cabe√ßa da vítima.

Jo√£o Lima est√° preso na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Brotas, e aguarda transfer√™ncia para o presídio de Salvador.

A delegada Maraci Lima também acompanha as investiga√ß√Ķes e disse que Jo√£o Lima foi autuado pelos crimes de extors√£o mediante sequestro, c√°rcere privado, amea√ßa e les√£o corporal.

"Ele foi tipificado por quatro crimes. Oficiamos ontem mesmo ao plant√£o judici√°rio esse auto de pris√£o em flagrante. As medidas protetivas foram deferidas no mesmo plant√£o e estamos aguardando vaga para que ele seja encaminhado ao presídio", afirmou.

A delegada Maraci acrescentou que o homem n√£o demonstrou nenhum arrependimento enquanto apresentava a vers√£o sobre o que aconteceu e demonstrou somente preocupa√ß√£o com a carreira de músico.

"Em momento algum ele se mostrou arrependido. Estava preocupado apenas com a carreira dele, n√£o pelo que havia feito com a ex-companheira. Que, diga-se de passagem, estava separado h√° tr√™s meses. Em momento algum se preocupou com a condi√ß√£o da vítima, com les√Ķes em v√°rias partes do corpo, sofrendo muito, dizendo que estava com dores", explicou.

Bianca Andrade fez quest√£o de ressaltar que s√£o comuns casos de viol√™ncia que as mulheres t√™m medo de denunciar. E disse que é necess√°rio pedir ajuda, fazer a comunica√ß√£o formal na delegacia física ou registrar a ocorr√™ncia pela delegacia digital.

"É difícil uma mulher, vítima de viol√™ncia doméstica, chegar à delegacia e dizer que uma pessoa que ela escolheu para passar a vida toda é um agressor. O mais importante é a vítima entender que est√° havendo um relacionamento abusivo pedir ajuda. E se j√° houve viol√™ncia, vir à delegacia. Se n√£o quer se expor, tem a delegacia digital. Mas a vítima precisa tomar iniciativa de colocar um ponto final nesse relacionamento", afirmou.

Doze horas de c√°rcere

Fl√°via Souza foi libertada após passar mais de 12 horas sob poder do suspeito. O caso aconteceu no bairro de Sussuarana, depois que o homem, um cantor sertanejo identificado como Jo√£o Lima, invadiu o imóvel onde estavam a mulher e os dois filhos do casal.

Equipes do Servi√ßo de Atendimento Móvel de Urg√™ncia (Samu) atenderam a vítima logo após a liberta√ß√£o e constataram que ela sofreu apenas ferimentos leves. J√° o suspeito n√£o apresentava les√Ķes.

Inicialmente foi divulgado que ele seria levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, no entanto, o cantor foi encaminhado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Brotas).

Ele chegou a exigir o pagamento de uma dívida de R$ 10 mil e a presen√ßa de um pastor para que a mulher fosse libertada. Além disso, fez amea√ßas, pedindo que policiais n√£o se envolvessem na negocia√ß√£o.

Policiais da 49¬™ Companhia independente da PM, que atende o bairro de Sussuarana, e agentes do Batalh√£o de Opera√ß√Ķes Especiais (BOPE) conseguiram convencer o suspeito a se entregar.

O major Luciano Jorge, responsável pelo policiamento da área, informou que houve uma briga entre os dois durante a madrugada e o conflito evoluiu para a situação de cárcere privado.

"Eles brigaram durante a madrugada, entraram em vias de fato, a casa estava desarrumada. E essa les√£o que restou foi justamente das vias de fato deles dois", disse o oficial.

Caso aconteceu no bairro de Sussuarana — Foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Caso aconteceu no bairro de Sussuarana — Foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Os dois prestaram depoimento na delegacia e o homem permanece preso na unidade. Ele foi autuado em flagrante por quatro crimes e aguarda transferência para o sistema prisional.

Fonte: G1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2021 Alagoas Em Dia
Notícias o tempo todo

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia
X
X