Política COVID-19

VÍDEO: Bolsonaro diz que houve desvios em AL e cobra que Renan Filho seja investigado

Presidente acusou o filho do relator da CPI de n√£o aplicar corretamente verbas enviadas para o combate à pandemia no estado

Por Redação

07/05/2021 às 10:08:32 - Atualizado h√°
Em vídeo, Jair Bolsonaro acusou o filho do senador de desviar recursos enviados para Alagoas

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), cobrou nesta quinta-feira (6) que a CPI da Covid-19 investigue o recursos federais utilizados pelo governo Renan Filho durante a pandemia. Bolsonaro afirmou que houve desvio das verbas em Alagoas.

Ao sugerir desvio de recursos nos estados, mesmo sem citar nomes, em sua live semanal, o presidente disse relembrar que um senador perguntou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, qual frase do presidente matou mais gente na pandemia.

"Um l√° disse: quais dessas frases matou mais gente no Brasil? Aí falou...t√°, t√°, t√°¬Ö Sabe qual seria minha resposta? Ô, prezado e excelentíssimo senador [referindo-se ao senador Renan Calheiros (MDB), relatou da CPI]: frase n√£o mata ninguém, mas desvio de recursos, sim, que seu estado desviou. Ent√£o, vamos investigar o teu filho que nós vamos resolver esse problema", declarou o presidente Bolsonaro.

Rapidamente, a fala do presidente reverberou na mídia do país e chegou até o próprio senador Renan Calheiros. Após a transmiss√£o, o parlamentar respondeu à fala.

"Eu queria, com a permiss√£o dos senhores, com todo o respeito ao presidente, [dizer] que o que mata é a pandemia, pela ina√ß√£o, inépcia, que eu tor√ßo n√£o seja ele. N√£o queremos fulanizar isto aqui. Quanto ao Estado de Alagoas, ele n√£o gaste seu tempo ociosamente como tem gasto enquanto os brasileiros continuam morrendo. Aqui, se houver necessidade, todos sem exce√ß√£o ser√£o investigados", afirmou Renan Calheiros.

Durante a transmiss√£o, o presidente da República voltou a dizer que aqueles que criticam o uso da cloroquina s√£o "canalhas" e eclarou que existem quatro senadores na comiss√£o que "sabem de tudo".

"A CPI bateu muito no Queiroga. O tempo todo, cloroquina. Eu fui tratado com cloroquina. David Uip (ex-secret√°rio da Saúde de S√£o Paulo) usou. Negou até que apareceu a receita médica. Falei com v√°rios senadores. No mínimo, 10 senadores usaram. Todo mundo usou, pô. Quem n√£o tem uma alternativa cala a boca. Deixe de ser canalha e criticar quem usa alguma coisa", desabafou Bolsonaro.

Essa foi a primeira live do presidente depois do início da CPI. Antes de falar diretamente para os senadores, ele vinha buscando mudar o foco das discuss√Ķes, insistindo em falas contra os lockdown e amea√ßando publicar um decreto contra essa medida que tem chamado de destrutiva para a economia.

Mas, diante da repercuss√£o da fala de dois ex-ministros, Luiz Henrigue Mandetta e Nelson Teich, ele decidiu partir para o ataque. Na pr√°tica, sabe que o alvo das investiga√ß√Ķes, mesmo tendo conseguido incluir estados e municípios, é o seu governo. Sendo assim, decidiu reagir.


Fonte: G1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2021 Alagoas Em Dia
Notícias o tempo todo

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia