Esportes Série B

CRB vence o Guarani e afasta o fantasma do rebaixamento: 2 a 0

Gols foram de Gum e Bill, que deram a vitória ao Galo, esta noite, no Rei Pelé, e garantiram o time alvirrubro na Série B de 2021

Por Redação

11/01/2021 às 22:45:26 - Atualizado há
Jogadores do CRB festejam com Gum o gol assinalado por ele e que garantiu a permanência do Galo na Série B

Contra um Guarani desfalcado de vários titulares, acometidos por Covid-19, o CRB venceu por 2 a 0, na noite dessa segunda-feira (11), e se livrou de vez do risco de rebaixamento à Série C. Isso mesmo. Com essa vitória, o Galo é o 10º colocado na tabela, com 46 pontos, estando garantido na Série B de 2021, para alívio dos regatianos. O gols foram assinalados pelo zagueiro Gum e pelo atacante Bill, ambos na segunda etapa.

Já o Bugre é o 6º colocado, com 48. A partida foi disputada no Estádio Rei Pelé, pela 34ª rodada da Série B.

O CRB já voltará a campo na próxima quinta (14), contra o Operário-PR, no Germano Krüger, às 19h15, em Ponta Grossa-PR. Já o Bugre vai enfrentar o Cuiabá, no mesmo dia, mas às 21h30, na Arena Pantanal-MT.

1º tempo

CRB e Guarani fizeram um jogo bem disputado, sobretudo no segundo tempo

FOTO: AILTON CRUZ

O CRB começou o jogo apertando e, aos 2 minutos quase marcou. Régis acionou Luidy dentro da área do Guarani, ele livrou-se do zagueiro Didi e chutou de direita, mas acertou a trave do Bugre, que respondeu aos 7 minutos, quando Bruno Sávio pegou de longe e Mardden espalmou para escanteio.

Aos 9 minutos, foi a vez do Bugre. Renanzinho cruzou e Bruno Sávio pegou de primeira, de voleio, vendo Mardden fazer a defesa, em dois tempos. Aos 13 minutos, o Galo chegou. O Guarani errou na saída de bola, Pablo Dyego se livrou de três marcadores e finalizou, mas na rede pelo lado de fora.

O Galo, que começou bem a partida, acabou recuando e o adversário passou a crescer na partida, assustando o time alagoano E, nessa pressão do Bugre, aos 18 minutos Murilo Rangel jogou na área e Eliel cabeceou colocado, vendo a bola passar perto do gol. Aos 25 minutos, de novo o Guarani assustou. Murilo Rangel pegou a sobra na entrada da área e finalizou com perigo, mas a bola acertou a trave.

O CRB estava mal no meio de campo, mas, aos 28 minutos, em jogada de Diego Torres, ele lançou Lucão, que ganhou na velocidade e chutou prensado, vendo a bola ir no travessão. A partida era lá e cá. Aos 33 minutos, Renanzinho cruzou a bola da direita e o goleiro do CRB fez a proteção, mas a bola passou com perigo pela pequena área do Galo.

Goleiro Edson Mardden, do CRB, fez boas defesas que livraram o time de sofrer gols

FOTO: AILTON CRUZ

Passando dos 35 minutos, o CRB avançou e tentava achar espaço na defesa do Guarani, que era perigoso na saída de bola. Aos 39 e aos 40 minutos, o time de Campinas teve dois escanteios em seu favor, mas ambos não deram em nada, para tranquilidade do Galo.

Aos 44 minutos, o time regatiano até tentou, com Diego Torres, que tentou achar Reginaldo no ataque, mas o lateral foi pego no impedimento. O árbitro decretou dois minutos de acréscimos à etapa inicial que, aos 47 minutos, foi encerrada com o 0 a 0.

2º tempo

CRB melhorou no segundo tempo e conseguiu seu objetivo: a vitória, desta vez, por 2 a 0

FOTO: AILTON CRUZ

A etapa final mal começou e o Galo foi quem chegou com perigo. Lucão recebeu a bola na área do Guarani, girou e chutou, mas Rafael Pin defendeu com dificuldade. O duelo chegava aos 10 minutos e o CRB se mostrava mais presente no ataque nessa etapa.

O Guarani só veio responder com perigo justamente aos 10 minutos, quando Bidu experimentou o chute de longe, dando um susto no goleiro do CRB. mas aos 11 minutos o Galo assustou: Bill recebeu na área e bateu de primeira, vendo o goleiro do Guarani encaixar.

O jogo era equilibrado. O CRB fez as modificações na equipe, mas não surtiram efeito, pois nas últimas bolas seguia sem qualidade e, por isso, o Galo não acertava as finalizações. Já o Guarani se postava mais na defesa e o Galo tentava achar brechas na marcação do adversário que chegou aos 24 minutos. Murilo Rangel deu um bom passe para Renanzinho, que encheu o pé, mas errou o alvo, para alívio do Regatas.

Gum festeja com Igor Cariús o primeiro gol do Galo no jogo, assinalado pelo zagueiro

FOTO: AILTON CRUZ

Mas aos 29 minutos saiu o primeiro gol do jogo. E foi do CRB. Após cobrança de escanteio de Diego Torres, ele caprichou e colocou na cabeça de Gum, que só fez mandar para a rede: 1 a 0.

O Galo melhorou e o Guarani se desesperou em campo. E, aos 35 minutos o CRB quase fez o segundo. Diego Torres lançou para Bill, que disparou livre e bateu colocado, buscando o canto, mas para fora. O técnico do Guarani, com a desvantagem no placar, fez alterações em sua equipe, mas não conseguiu segurar o Galo. E eis que, aos 42 minutos, veio o segundo gol do time alagoano. E foi de Bill. Lucão roubou a bola no ataque, avançou e tocou para Bill, que só teve o trabalho de guardar para ampliar: 2 a 0.

O árbitro decretou cinco minutos de acréscimos. O Bugre se postava no ataque e o Galo segurava a bola e o resultado. E, aos 50 minutos, ele apitou o encerramento da partida, com a vitória do CRB garantida e a permanência na Série B também: 2 a 0.

Eis o segundo gol do CRB na noite desta segunda-feira (11), sobre o Guarani, assinalado por Bill

FOTO: AILTON CRUZ

CRB - Edson Mardden; Reginaldo (Robinho), Gum, Páscoa e Igor; Claudinei, Régis (Bill) e Diego Torres; Pablo Dyego (Wesley), Luidy (Lucas Mendes) e Lucão (Carlos Jatobá). Técnico: Roberto Fernandes.

Guarani - Rafael Pin; Mateus Ludke, Cristovam, Didi e Bidu (Erick Daltro); Deivid (Marcelo), Rickson e Murilo Rangel (Arthur Rezende); Renanzinho, Bruno Sávio (Giovanny) e Eliel (Caio). Técnico: Felipe Conceição.

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa-PI.

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga-PI e Márcio Iglésias Araújo Silva-PI.

Quarto árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira-AL.

Fonte: G1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2021 Alagoas Em Dia

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia