Meio ambiente Alagoas

Instituto Biota acompanha nascimento e soltura de 85 tartarugas marinhas em Alagoas

Por Redação

11/01/2021 às 19:04:22 - Atualizado há
Foi o primeiro registro do ano. Filhotes são da espécie Cabeçuda e estavam sendo monitorados há quase 50 dias. Biota pede que população não retire estacas de identificação dos ninhos. Instituto Biota registra a primeira soltura de tartarugas marinhas do ano em Alagoas

O Instituto Biota registrou, nesta segunda-feira (11), o primeiro nascimento do ano de tartarugas marinhas no litoral de Alagoas. Os voluntários fizeram a soltura de 85 filhotes da espécie Cabeçuda, no final da tarde, numa praia de Maceió não divulgada para evitar aglomeração de pessoas.

O presidente do Instituto, Bruno Stefanis, informou que a desova foi registrada no dia 24 de novembro e os animais levaram o tempo estimado para o nascimento, que é de 50 dias em média. Em 2020 foram monitorados quase 700 locais de desova em todo litoral do estado.

Os ninhos são sinalizados com estacas onde são registradas informações e constantemente monitorados pelo Biota, que pede ajuda da população.

"A gente pede para que a população não remova as estacas. Quando isso acontece, nós perdemos o ninho. Se alguém tirar a estaca do lugar, 45 dias depois a gente não vai mais achar esse ninho e com isso, não poderemos fazer o trabalho de quantificar o sucesso reprodutivo, fazer soltura, trabalho de sensibilização, etc", reforçou Bruno.

Voluntários do Instituto Biota acompanham nascimento de 85 tartarugas marinhas em Alagoas

Instituto Biota

Filhotes da espécie Cabeçuda nasceram na madrugada desta segunda-feira (11) no litoral de Alagoas

Instituto Biota

Filhotes de tartarugas Marinhas, da espécie Cabeçuda, foram soltos em Alagoas

Fonte: G1
Comunicar erro
Alagoas Em Dia

© 2021 Alagoas Em Dia

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Alagoas Em Dia