Operação em AL e PE termina com 22 presos e R$ 16 mil apreendidos

Operação em AL e PE termina com 22 presos e R$ 16 mil apreendidos
Dos 23 alvos, 18 têm parentesco entre si; uma pessoa continua foragida. Investigação mira integrantes de facção criminosa com envolvimento em roubos e homicídios. Operação policial cumpre 48 mandados em Alagoas e Pernambuco

A opera√ß√£o realizada nesta sexta-feira (31) em Alagoas e Pernambuco terminou com 22 pessoas presas e R$ 16 mil apreendidos. Uma pessoa continuava foragida até o in√≠cio da tarde. A informa√ß√£o é da Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica de Alagoas (SSP-AL), que coordenou a a√ß√£o.

Entre as pessoas presas estão 10 mulheres. A operação foi denominada Grande Família, devido ao fato de que 18 alvos têm parentesco entre si.

Além dos 23 mandados de pris√£o, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreens√£o nas cidades de Penedo (AL) e Garanhuns (PE). Os policiais apreenderam ainda um revólver, celulares, um notebook e dois ve√≠culos.

Segundo as investiga√ß√Ķes, dois dos suspeitos moravam na cidade pernambucana, mas atuavam no interior de Alagoas.

Os alvos são integrantes de facção criminosa com envolvimento em roubos e homicídios. A polícia descobriu que os homicídios eram cometidos por causa de rivalidade com integrantes de grupos rivais.

A opera√ß√£o foi coordenada pelos delegados Gustavo Henrique, diretor da Divis√£o Especial de Investiga√ß√Ķes e Capturas (DEIC), e Gustavo Xavier, titular da 7¬™ Delegacia Regional de Penedo, além do tenente-coronel Silva J√ļnior, comandante do 11¬ļ batalh√£o.

Também participaram da opera√ß√£o agentes da SSP, da Pol√≠cia Civil, do 11¬ļ Batalh√£o de Pol√≠cia Militar, Batalh√Ķes de Tr√Ęnsito (BPTran) e Rodovi√°rio (BPRv), além do apoio da 134¬™ Delegacia de Pol√≠cia de Garanhuns, onde foram cumpridos dois mandados de pris√£o.

Da esq.: delegado Gustavo Henrique, da DEIC; coronel Lima J√ļnior, secret√°rio da SSP; e tenente-coronel Silva J√ļnior, comandante do 11¬ļ batalh√£o da PM

Viviane Le√£o/TV Gazeta

Policiais civis e militares cumprem mandados contra suspeitos de integrar organização criminosa em Alagoas e Pernambuco