VÍDEO: Vereador é flagrado cheirando calcinha durante sessão em Bragança Paulista

Ditinho do Asilo contou que havia recebido o item de presente em seu gabinete por um amigo, em refer√™ncia a uma 'piada interna'. Ele achou que tinha desligado a c√Ęmera.

Vereador de Bragança Paulista cheira calcinha durante sessão online da Câmara

Vereador de Bragança Paulista cheira calcinha durante sessão online da Câmara

O vereador Ditinho do Asilo (PSC) foi flagrado durante a chamada de v√≠deo para a sess√£o da C√Ęmara de Bragan√ßa Paulista cheirando uma calcinha comest√≠vel. O flagrante aconteceu durante a sess√£o desta ter√ßa-feira (23).

Com a pandemia, a C√Ęmara de Bragan√ßa Paulista decidiu manter as sess√Ķes, mas de forma virtual, por chamada de v√≠deo. Na sess√£o ordin√°ria do dia 23, enquanto uma vereadora comentava sobre cortes de √°rvores na cidade o vereador, que estava participando da sess√£o, aparece com uma calcinha vermelha na m√£o. Ele olha a pe√ßa e, em seguida, cheira.

Veja o vídeo:



De acordo com o vereador, ele estava em seu gabinete no momento do v√≠deo para a sess√£o, quando recebeu um pacote de presente enviado por um amigo. Ele conta que desativou o microfone da chamada com os vereadores para ver o que havia ganho, achando que o v√≠deo também seria desativado automaticamente, mas foi flagrado.

Na imagem, outro vereador ainda tenta alertar o parlamentar. Instantes depois, ele percebe que est√° sendo filmado e afasta a c√Ęmera.



"Foi uma infelicidade pela minha falta de pr√°tica com essa coisa de tecnologia. Eu usava uma camiseta rosa e, para brincar, um amigo me mandou essa calcinha. Era um item desses de sexy shop, que é comest√≠vel. Por isso cheirei. Eu tenho fam√≠lia. Isso era só uma piada que, por ingenuidade minha, virou p√ļblica", comentou Ditinho, que é casado e tem filhos.

Questionado sobre a sess√£o, ele disse que acompanhava as discuss√Ķes com a pauta do dia em m√£os e que só se desconectou ao receber o pacote, n√£o acreditando ter desrespeitado a vereadora Fabiana Alessandri (PSD), que falava no momento do v√≠deo.

"Eu concordo que n√£o era o momento de fazer aquilo, mas eu n√£o estava falando, estava acompanhando a pauta. Quando o vereador est√° em casa, ele pode estar fazendo qualquer coisa enquanto acompanha a sess√£o e eu fui abrir o pacote e fui flagrado", diz.

A reportagem procurou a presid√™ncia da c√Ęmara de Bragan√ßa Paulista para saber se alguma medida contra o vereador seria adotada, mas aguardava o retorno até a publica√ß√£o.