Boulos vai à polícia registrar ameaças de bolsonaristas

Boulos vai à polícia registrar ameaças de bolsonaristas
O ex-presidenci√°vel Guilherme Boulos (PSOL-SP) diz que recebeu amea√ßas após se engajar na convoca√ß√£o de um ato que se define como antifascista, antirracista e em defesa da democracia previsto para domingo (7), às 14h, no Masp, em S√£o Paulo.

"Guilherme Boulos mora numa casa no bairro do Campo Limpo, no sul de S√£o Paulo. Domingo vamos atirar em todo o bairro até acertar ele", diz mensagem compartilhada por grupos bolsonaristas nesta quinta-feira (4) e enviada a ele.

Segundo Boulos, ela havia sido publicada originalmente em um grupo intitulado "Armas S/A Sudeste". Ele fará um boletim de ocorrência denunciando as ameaças sofridas.

A Frente Povo Sem Medo, liderada pelo ex-presidenci√°vel e formada por movimentos sociais como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a UNE (Uni√£o Nacional dos estudantes) uniu-se na ter√ßa (2) à convoca√ß√£o para o ato na avenida Paulista.

Os novos protestos, marcados em v√°rias capitais e cidades de porte médio do pa√≠s, est√£o sendo chamados via redes sociais. As marchas s√£o puxadas por integrantes de torcidas organizadas, inspirados no ato pró-democracia do √ļltimo domingo (31) na avenida Paulista, que acabou em confronto com a PM.